FBS x Dolar x Lira

Corretora Forex que recomendo e a https://ptfbs.com/?ppk=topinvestforex

Essa e a que estarei trabalhando aora.

Pra quem sabe operar, uma dica, ela lhe da 50 dolares para voce pode comecar a operar, entao ja e uma maozinha.

Nesse Domino o mercado ficou loko, o dolar deu uma surra em todas as moedas, nao sabia da turquia, o que vi foi scalp pra tudo que e lado.
USDTRY se segurou hoje, a lira deu uma suada forte e os ursos derrubaram a banca.

Quer trabalhar ou investir no forex, essa e a corretora https://ptfbs.com/?ppk=topinvestforex

temais…

O sobe e desce do mercado Cripto

Um comportamento característico do mercado de cripto é que os ativos costumam andar juntinhos, em bloco, igual Carnaval em Salvador.

O sobe e desce do mercado Cripto
Aqui, do lado da minha mesa, tem uma TV que configuramos para mostrar um feed de notícias de cripto, junto com uma tabela de cotações das principais moedas.Abaixo da cotação de cada moeda, aparece a variação do ativo nas últimas 24 horas. Número verde se está subindo e vermelho se está caindo.

Ao chegar no escritório, já de longe, no corredor, dá para saber qual é o humor do dia no mercado.

Ou está tudo verde ou tudo vermelho na tela. Raramente vejo cores alternadas entre os ativos.

Isso reflete um comportamento característico do mercado de cripto: os ativos costumam andar juntinhos, em bloco, igual Carnaval em Salvador.

É algo que se pode esperar de um mercado novo. Por mais que existam milhares de projetos diferentes, quando o assunto é preço e valor de mercado, as tendências da maioria dos ativos costumam se alinhar.

No fim, são todos ativos de risco. Quando surge alguma notícia negativa para o mercado, os investidores se desfazem de suas posições ou, pelo menos, de parte delas e correm para a estabilidade.

Em parte, isso acontece por falta de maturidade do mercado. Se temos no Brasil, hoje, o dobro de investidores cadastrados em exchanges de criptomoedas do que na Bolsa de Valores, é seguro dizer que boa parte dos “crypto lovers” nunca comprou uma ação na vida.

Logo, nem todo mundo sabe lidar com um mercado tão variável.

Além disso, apesar de muita gente ter outras altcoins no portfólio além do bitcoin, a massa dos investidores enxerga “mercado cripto = bitcoin”. Uma notícia negativa para o bitcoin significa uma notícia negativa para o resto do mercado.

Ou seja, enquanto, do lado do desenvolvimento, cada projeto segue seu próprio caminho, do ponto de vista de preços, os ativos ainda sobem e descem juntos.

Esse foi um tema que ficamos discutindo por aqui nesta semana. As correlações das altcoins com o bitcoin são positivas e bastante elevadas ainda. A maioria, próxima de 1.

Assim, ao diversificarmos um portfólio de cripto, é difícil selecionarmos ativos com correlações negativas (um ativo que suba quando o bitcoin cai e vice-versa) ou próximas de zero (um ativo cujo preço não tem relação com os movimentos do bitcoin).

Não estamos, portanto, buscando diminuir o risco do portfólio, seguindo a teoria tradicional de alocação de ativos.

Estamos, na verdade, buscando nos expor a diferentes potenciais e gatilhos de valorização.

Veja, por mais que o ether (ETH), ativo da rede do Ethereum, normalmente suba se o bitcoin subir e caia se ele cair, o objetivo de desenvolvimento do projeto é completamente diferente daquele da moeda digital mais famosa do mundo.

Na verdade, o Ethereum nem é uma moeda digital, mas uma plataforma. Algo completamente diferente do Bitcoin. Mas isso é papo para outro dia…

Meu ponto é que, no curto prazo, os movimentos das altcoins vão refletir, em maior parte, o ânimo dos investidores em relação ao mercado como um todo ou ao bitcoin (que representa metade do valor de mercado total).

É claro que, se olharmos cada altcoin individualmente, há gatilhos diferentes de curto, médio e longo prazos e, eventualmente, pode fazer sentido comprar uma moeda pensando na valorização a curto prazo – por exemplo, se estamos perto de uma grande entrega ou listagem em corretora de alto volume.

Porém, é importante ter em mente que esses movimentos para cima e para baixo que você vê na tela do computador todos os dias, na maioria das vezes, são causados pelo ânimo dos investidores em relação ao mercado como um todo ou em relação ao bitcoin.

Assim, o objetivo da diversificação de um portfólio de cripto não pode ser apenas o curto prazo. Em uma janela de poucos meses, ou tudo vai subir, ou tudo vai cair.

O foco está, então, nos próximos um a cinco anos, quando os projetos tiverem mais entregas sólidas e aplicações reais no dia a dia dos usuários.

Aí sim, o mercado diferenciará os projetos valiosos daqueles que não possuem valor algum.

Enquanto isso, de acordo o script, a grande maioria das altcoins vai subindo hoje, seguindo o repique do bitcoin de ontem.

Ao investidor mais preocupado com o curto prazo, vale ficar atento a como o bitcoin se comportará no fim de semana, buscando os próximos suportes de preço em 6 mil dólares e 5,8 mil dólares ou se teremos um ponto de inflexão novamente.

Os mercados financeiros se tornam excessivamente politizados.

Twitter do Donald Trump significa mais do que as estatísticas macroeconómicas

www.topinvestforex.com

Alguém realiza uma pesquisa fundamental significativa, alguém usa a análise técnica e alguém simplesmente segue o Twitter de Donald Trump e ganha muito dinheiro com isso. Assim aconteceu que a chegada ao poder do 45º presidente dos EUA tornou os mercados financeiros excessivamente politizados. As guerras comerciais eclipsam a política monetária dos bancos centrais, o petróleo vai para onde pede o dono da Casa Branca e o trading nas notícias adquire novas cores. Os seguidores do Trump devem sorrir com ar de culpa: “Peço desculpa por pegar o teu dinheiro. O mesmo pareceu absolutamente como o meu”.

No dia da publicação do relatório de junho sobre o mercado de emprego dos EUA, os investidores lembraram a história de há um mês. Então, o presidente que tem um acesso às estatísticas oficiais, até uma hora antes de relatório, avisou que os americanos estarão felizes de ver as cifras sobre o emprego. Que surpresa, o desemprego desceu até a referência minima desde o início do século. Quem podia pensar! O dólar e a rentabilidade das obrigações de tesouro saltaram mesmo nos comentários do dono da Casa Branca. Para quê esperar se tudo está tão claro? Mas Trump poderá bisar facilmente o truque mais uma vez. Ele certamente está insatisfeito com o desejo da China de vingar-se pelas  tarifas introduzidas sobre a importação no valor 34 mil de milhões. Sabemos perfeitamente que apenas três categorias de pessoas podem dizer a verdade: crianças, bêbedos e pessoas com raiva.

O início da guerra comercial percorreu de forma monótona. O “Império Celestial” começou a algazarra de ratos, chamando Washington de desordeiro que desencadeou o massacre comercial mais precedentes na história. No entanto, nós somos obrigados a responder que ainda não encontramos como. Exactamente já anunciámos, mas ainda realmente não determinamos com as posições da exportação estadunidense. Acima de Pequim está pendurada uma espada de Dâmocles de tarifas adicionais sobre todo o volume de seus fornecimentos nos EUA, e o mesmo é obrigado a fazer alguma coisa. Em resultado, se mesmo não começará agir, outros farão algo contigo. Em geral, toda esta história lembra não apenas o pôquer, com o aumento de paradas, mas também as brigas de família: bate significa que ama, matou significa que não ama mais.

É curioso que cada uma das partes-opostas determina os prazos diferentes para o inicio de ações militares. A China crê que os Estados Unidos desencadearam a guerra comercial mais sangrenta na história em dia 6 de julho, Washington tem certeza que o “Império Celestial” realiza a mesma há duas décadas, e só agora alguém se atreveu a replicar. Bem, cada um está certo à sua maneira… Mas na minha opinião, não.

Não menos interessante situação se desenvolve no mercado de petróleo. Donald Trump tentará atingir dois objetivos absolutamente opostos: privar o Irão da exportação de “ouro preto” e obrigar Brent ir para baixo. Não importa que uma redução da extração por maior produtor da OPEP levará à défice e ao crescimento dos preços? Mas é necessário resolver o problema de alguma maneira?! Mas também as mãos esfregam com ares de suficiência. É claro como assumir toda a responsabilidade para a Arábia Saudita, porque para desfrutar do trabalho, é preciso encarregar para execução do mesmo uma terceira pessoa. Então, Riade obriga ocupar-se do trabalho de Sísifo: persuadir outros membros da OPEP aumentar a extração que igualmente será reduzida em breve. Também dizem que todo mundo conhece Sísifo e, aqueles quem subiram a pedra para a montanha permaneceram desconhecidos. Nós podemos adivinhar quem está por trás disto.

Gostou de meu artigo? Compartilhe-o em redes sociais, isto seria o melhor agradecimento 🙂

Faça as suas perguntas e comente o material abaixo. Darei com prazer as respostas e explicações necessárias.

Links úteis:

  • Recomendo experimentar o trading com corretora de confiança aqui. O sistema permite a operar individualmente ou copiar operações dos traders bem-sucedidos de todo o mundo.
  • O chat de traders com análise excelente, revistas Forex, artigos didáticos e outros materiais úteis para traders. https://t.me/liteforexbrazil. Compartilhamos os sinais e experiências.

 

Periods

  • M1
  • M5
  • M15
  • M30
  • H1
  • H4
  • D1
  • W1
Zoom1D1W1M3M6M1YALL29. Jan26. Feb26. Mar23. Apr21. May18. Jun16. JulJan ’17Jul ’17Jan ’18J…1.1251.151.1751.21.2251.251.275

Os mercados financeiros se tornam excessivamente politizados.

O afeto conduz a alma como os pés conduzem o corpo

Esses dias, em meio a diversas leituras, eu me deparei com uma frase absolutamente maravilhosa atribuída a Santa Catarina de Siena, filósofa escolástica e teóloga do século XIV. Apesar de curta, ela pode nos levar a reflexões profundas.

Sua frase dizia o seguinte: “O afeto conduz a alma como os pés conduzem o corpo”.

Eu me senti muito tocado ao ler isso, o que me inspirou a escrever esse texto que você lê agora.

Não precisa acreditar em Deus ou ser religioso para compreender a verdade contida nessa frase. Inclusive, posso falar isso com tranquilidade, pois venho estudando Filosofia com bastante afinco e muitos teóricos falam sobre a alma sem uma conotação religiosa, entre eles o mestre Platão por exemplo.

Catarina cita o verbo conduzir, que encaixa perfeitamente na ideia que ela quis transmitir. Conduzir está ligado a sair de um ponto A em direção a um ponto B. Ou seja, está ligado a MOVIMENTO, a FLUXO, e obviamente, às MUDANÇAS.

Ao escrever isso até lembrei uma das mais célebres frases do filósofo da antiguidade Heráclito: “Não se entra duas vezes no mesmo rio”. O que interpretamos como esse fluxo de mudanças. Quando nos dirigimos ao rio uma segunda vez, nem ele é o mesmo, pois novas águas estão fluindo em sua correnteza, nem nós somos os mesmos, porque estamos um pouquinho mais velhos, tivemos algumas experiências a mais, milhões de células nasceram e morreram etc.

Vou aprofundar de trás pra frente OK? Os pés conduzem o corpo. Todos nós sabemos que os pés são nossa BASE DE SUSTENTAÇÃO. Sem eles, e principalmente sem os dedos, que são flexíveis e recobertos por fortes tendões, não conseguiríamos ficar em pé, não conseguiríamos sequer nos mover. Provavelmente nos deslocaríamos de forma semelhante aos animais que rastejam.

A anatomia dos nossos pés possui uma engenharia absolutamente impressionante. Ele tem especialidades que nos auxiliam de “n” maneiras diferentes, posso citar apenas algumas: a flexibilidade dos tornozelos  nos ajuda a pisarmos em locais perigosos, como espinhos ou cacos de vidro, sem ter que colocar toda a área do pé; a força dos tendões dos dedos nos possibilitam dançar em quase todas as posições possíveis e imagináveis, a junção dos tendões à musculatura da panturrilha nos permite até mesmo andar para trás com a ponta dos pés se for do nosso interesse…

As especialidade podem ir muito longe, mas deixo isso para meus amigos que são formados em Educação Física. Eles podem explicar muito melhor do que eu a anatomia dos pés e seus movimentos.

Escrevi tudo isso para mostrar o quanto nossos pés são importantes e acima de tudo, lembrar você o quanto não agradecemos por termos pés que nos possibilitam caminhar à vontade. Tenho certeza que alguém que não possa caminhar, muitas vezes se imagina correndo ou dançando e não pode fazer isso. Inclusive a teoria dos sonhos desenvolvida por Freud mostra bem isso. Analise alguns sonhos de uma pessoa que seja paraplégica por exemplo! Em muitos deles, a pessoa aparece correndo, dançando, nadando etc. porque se tratam de desejos profundos do inconsciente dela, entende?

Portanto! Agradeça! Agradeça todos os dias por ter pés saudáveis que conduzem o seu corpo.

**********

O começo da frase é mais profundo ainda, por isso deixei para o final. O afeto conduz a nossa alma. E eles estão diretamente ligados aos SENTIMENTOS e EMOÇÕES. Vivemos numa sociedade adoecida, que coloca o fazer, o trabalhar, o competir com os outros, o desejo de superioridade etc. como molas propulsoras do nosso destino. Sempre digo e repito! Se continuarmos com tal mentalidade, correremos um sério risco de destruirmos completamente nossa humanidade. E quero que me entenda bem nesse ponto! Não estou falando aqui sobre o “fim do mundo”, “destruirmos o planeta Terra”. Estou falando de HUMANIDADE.

Parece que esquecemos que somos humanos, e o que mais nos caracteriza é exatamente a nossa capacidade de nos unirmos aos outros, ou seja, sermos gregários.

Se não valorizarmos os afetos, estaremos afastando o que há de mais belo e puro em nós.

Eu não consigo falar sobre isso sem lembrar um figurão que admiro imensamente chamado Eduardo Marinho, muito conhecido como “o filósofo das ruas”. Ele, de uns anos pra cá, se tornou bastante conhecido por falar sobre as injustiças e aprisionamentos do nosso sistema de uma forma muito simples e profunda.

Nos seus vídeos ele sempre diz que a sociedade como um todo foi sabotada, fazendo com que acreditassem que o correto é ser um “vencedor”. E ser um vencedor é ganhar muito dinheiro, ter um carrão, uma casa de praia, um emprego de grande status etc. etc. e na realidade não é nada disso que define ser um “vencedor”.

****

“Eu que já não quero mais ser um vencedor, levo a vida devagar, pra não faltar amor” – Los Hermanos

****

Vencer na vida é desenvolver laços fortes com as pessoas que amamos. Quem de fato consegue fazer isso alcança uma felicidade magnífica, mas infelizmente são poucos os que atinam para isso.

Venho com esse texto apenas lhe relembrar tudo isso. Eu sei que você já ouviu sobre isso, talvez já tenha lido sobre isso, mas não do jeito que estou colocando, não com as palavras que estou utilizando…

Os afetos são os nossos sentimentos, de toda natureza viu? Não apenas os afetos bonitinhos e cor de rosa. Há também os afetos destrutivos aqui! Não sejamos tão ingênuos assim! Mas a frase continua verdadeiríssima. Perceba!

Os afetos conduzem a nossa alma! Ou seja, nos levam de um ponto A para um ponto B.

Nessa hora acabo levando para o campo da espiritualidade. Tudo que fazemos gera alguma repercussão. Se fizermos algo bom e benéfico, isso volta para a gente. Da mesma forma, se fizermos algo ruim e destrutivo, isso também volta para nós de alguma maneira, muitas vezes vem até na forma de alguma doença física.

Meu desejo é que você busque o amor e queira que ele seja o alimento para a sua alma. Dessa forma, a alma sendo alimentada pelo amor, terá energia, força, vitalidade, vibração, para lhe conduzir para o bem, o belo, o justo e o verdadeiro.

Talvez você não saiba, mas estou fazendo uma releitura de Platão e parte de sua magnífica obra.

Aquele que é bom, justo e cultiva a beleza, essa pessoa tem uma alma boa e que certamente também tem afetos genuinamente belos. Sei que esse é o famoso ideal platônico, como provavelmente você já ouviu falar. Mas esse é o grande desafio, e vale a pena segui-lo, pois é esse desafio que pode elevar a nossa alma.

Não foi menos do que isso o que a querida Santa Catarina de Siena quis nos dizer com essas 11 palavras.

Claro que há muito mais a ser dito, a ser aprofundado, mas a ideia central que queria transmitir é essa. Desenvolva as virtudes que elevam a alma. E isso só pode ser possível através dos afetos, da expressão direta dos sentimentos para com todos que amamos e até com quem não amamos, pois uma alma conduzida pelos afetos amorosos se guia pelo que o mestre Jesus nos deixou: Amai os vossos inimigos…”.

O amor como centro dos afetos guia a nossa alma, enquanto os pés guiam nosso corpo em harmonia com tais princípios.

Paz e luz.

IV Convenção Gnóstica Sul Americana de Antropologia

A IV Convenção Gnóstica Sul Americana de Antropologia acontecerá de 27 a 30 de Outubro de 2018 na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, sob o tema “Pedro, tú me amas?”, buscando a divulgação e compreensão da Obra dos Mestres e evocando o mais elevado sentimento Crístico que move o Terceiro Fator de Revolução da Consciência.

O valor de inscrição é de R$ 500,00, que pode ser pago até a data da Convenção.

O evento será na Praia dos Ingleses, ao norte da Ilha, no Hotel Slaviero Essential -Florianópolis Ingleses Acquamar, cujas reservas já podem ser feitas através do email reservas.sefi@slavierohoteis.com.br. Os valores e condições estão na aba “Hotel Sede“.

Contamos também com outras opções de hospedagem que podem ser acessadas na aba “Outras Hospedagens“.

“Trabalhos me dás, Senhor! Mas com eles fortaleza!”

Que a sagrada chama da Vida e da Vontade, conduzida pelos Mestres nos cure, e que ela nos reúna com esse propósito, formando uma grande e mística fogueira, de 27 a 30 de outubro de 2018 !!!

Clique na imagem para baixar o cartaz em formato pdf.

Orientações sobre a Inscrição e o pagamento: http://www.igabrasil.org.br/site/event/iv-convencion-gnostica-sudamericana-de-antropologia/